Sergipe

27/01/2010 às 19h08

Polícia realiza operação para combater o jogo do bicho

A Polícia Civil cumpriu um mandado na Associação dos Banqueiros de Jogo de Bicho de Sergipe

Redação Portal A8
No prédio também havia uma sala para os sorteios (Fonte:Atalaia Agora)

A Polícia Civil de Sergipe cumpriu na tarde desta quarta-feira (27), um mandado de busca e apreensão na Associação dos Banqueiros de Jogo de Bicho de Sergipe (ABESE), que funcionava em um prédio na avenida João Ribeiro, centro da Capital. No local, onde era controlado todo o jogo do bicho do Estado, salas bem equipadas , espaços para jogos e até mesmo de transmissão para internet.

Dezessete pessoas foram detidas, ouvidas e liberadas (Foto: Atalaia Agora)

A ação que contou com cerca de 25 agentes, escrivães e delegados da Polícia Civil, da Delegacia de Crimes Contra a Ordem Tributária e Administração Pública (Deotap) e da Superintendência da Polícia Civil, foi um desdobramento da Operação Safári, realizada há um mês na cidade de Itabaiana. De acordo com a delegada Danielle Garcia, foram recolhidos documentos e material para análise.

Nas salas do prédio muitos computadores e equipamentos foram encontrados (Fonte:Atalaia Agora)

Ainda segundo a polícia no momento da ação dezessete pessoas estavam trabalhando no local, e se dividiam entre os sorteios e a divisão dos lucros. "Também estava no local o presidente da associação, José Evanildo Novaes, que inaugurou o prédio no ano de 2002", contou.

A delgada também ressaltou que foi preciso chamar um chaveiro para abrir os três cofres. "Apreendemos computadores, celulares, dinheiro e documentos. Todo material será analisado e as investigações devem continuar", declarou Danielle que ressaltou. "O objetivo é verificarmos se por trás da contravenção existem indícios de lavagem de dinheiro, formação de quadrilha ou sonegação fiscal", explicou.