Sergipe

18/01/2010 às 17h34

Vistoria no COMPECAN acaba com apreensão de drogas

Foram apreendidos quase um quilo de maconha e pedras de crack, além de celulares

Redação Portal A8

Durante vistoria em uma das alas do Complexo Penitenciário Manoel Carvalho Neto (COPEMCAN), agentes penitenciários encontraram drogas escondidas em travesseiros, colchões e até mesmo no meio de alimentos. Foram apreendidos quase um quilo de maconha e pedras de crack, além de celulares.

De acordo com o presidente do sindicato dos agentes prisionais, Cláudio Viana, essa apreensão é preocupante. "Essa revista foi feita em apenas uma das dez alas existentes nos cinco pavilhões do complexo, a quantidade de drogas é muito grande", relatou o presidente que ressaltou. "Isso é reflexo de problemas estruturais, de efetivo e de falta de condições de trabalho", denunciou.

Ainda segundo Cláudio Viana, falta no complexo a construção de um processo disciplinar focado na punição das faltas graves pertinentes ao comportamento dos presos. Para o representante dos agentes, é preciso intensificar a fiscalização na portaria, toda e qualquer entrada deve ser inspecionada. "Qualquer tipo de material está sendo usado para transportar drogas e celulares para o presídio", explicou.

De acordo com os agentes, dois internos foram apontados como responsáveis pela drogas, são eles Antônio Marcos Vieira Cruz e Daniel  Alfredo dos Santos,  a dupla foi encaminhada a Delegacia Plantonista, onde foi aberto um inquérito policial para investigar os responsáveis pela facilitação na entrada do material dentro do Complexo. Os dois acusados vão responder por mais um crime, o que irá aumentar o tempo de cumprimento da pena da dupla.