Sergipe

18/01/2010 às 12h04

Madeira irregular que seguia para Lagarto é apreendida em AL

Ao todo foram três caminhões carregados de madeira, sem a nota fiscal e a licença ambiental

Redação Portal A8

Equipes do Batalhão Ambiental da Polícia Militar de Alagoas autuaram três pessoas no início da manhã desta segunda-feira (18), pelo transporte irregular de madeira. Elas estavam conduzindo três caminhões carregados de madeira, sem a nota fiscal e a licença ambiental. Segundo a polícia, o material seguiriam com destino a cidade de Lagarto.

Madeira seguiria com destino para a cidade de Lagarto (Foto: Tudo na Hora (AL))

 

Segundo os policiais militares que participaram da ação, foi feita uma abordagem de rotina na rodovia federal BR-316, entre Satuba e Pilar. Os três caminhões, de placas IAG-2469, IAL-0234, e JLI-5039, vindos da Usina Serra Grande, em São José da Laje (AL), seguiam com a carga ilegal.

Três caminhões foram apreendidos (Foto: Tudo na Hora (AL))

 

Os três condutores Givaldo Ferreira de Almeida, Edvaldo Souza Menezes e Evandro Amâncio Rodrigues devem ser autuados por transportar carga sem licença e podem pegar de seis meses a um ano de prisão.

"A nota fiscal que eles levavam não condiz com o material. Eles também estavam sem licença", contou o capitão Carnaúba. Ele ainda disse que a maior parte da carga é de eucalípto.

O material apreendido foi encaminhado para a sede do Batalhão Ambiental - são cerca de dez a 12 toneladas de madeira, que depois devem ser encaminhadas ao Ibama. E os condutores devem responder pelo crime por Termo Circunstancial de Ocorrência.

Com informações do Tudonahora (AL)