Sergipe

13/01/2010 às 12h44

Atendimento oncológico do Huse vira caso de polícia

o conserto do aparelho deve ser feito nesta quarta-feira, e amanhã (14), deve voltar a funcionar

Redação Portal A8

Na manhã desta quarta-feira (13) o presidente do Sindicato dos Médicos de Sergipe(Sindimed), José Menezes protocolou um requerimento nas 2° e 8°

José Menezes denuncia a falta de atendimento no setor de oncologia do Huse (Foto: Sérgio Ferreira)

Delegacias Metropolitanas para pedir apuração dos motivos que levaram à suspensão dos atendimentos nas duas oncologias do Estado.

 

De acordo com presidente do Sindimed, o documento registra a preocupação dos médicos com o setor de oncologia do Hospital de Urgência de Sergipe (Huse).

O delegado Paulo Márcio disse que vai adotar as medidas necessárias (Foto: Sergio Ferreira)

 

"Estamos formalizando uma denúncia porque a radioterapia da Unidade Hospitalar está há dias sem funcionar. A situação é a mais critica dos últimos anos, não há medicamentos, os equipamentos estão quebrados e os pacientes oncológicos estão passando por sérias dificuldades", disse Menezes.

O sindicalista negou que a atitude do Sindimed tenha qualquer relação com denúncia feita recentemente pela direção do Huse, quando nove médicos de uma só vez, apresentaram atestados durante o feriado prolongado do Natal.

"O que está acontecendo dentro do Huse é grave mesmo, principalmente por causa das demissões de vários médicos que não concordam com a política da Secretaria da Saúde", denuncia Menezes.

De acordo com a física médica do Huse Katiucia Bonfim, o conserto do aparelho deve ser feito ainda esta quarta-feira(13), e amanhã (14), a unidade deve voltar a funcionar.