Sergipe

14/10/2009 às 12h48

Estudantes denunciam pichação racista na UFS

Redação Portal A8

O sistema de cotas adotado pela Universidade Federal de Sergipe (UFS) não agradou um grupo de alunos da instituição. Estudantes flagraram pichações com teor racista no prédio da UFS. As frases sempre vinham acompanhadas da marca da suástica nazista.

"Vamos dar porrada em vocês seus macacos fedorentos. Lugar de preto é na senzala" foi uma das frases flagradas pelo estudante de Rádio e TV da UFS, Aparecido Santana.

As escritas com dizeres racistas, contra as cotas étnicas na universidade, demonstraram a expressão mais bárbara de setores mobilizados contra as cotas na Universidade Federal de Sergipe.

A autoria ainda é uma incógnita, mas em uma das frases atribui-se a uma "união" de pessoas ligadas aos cursos de Medicina, Odontologia, Direito, Geografia e História.

As pichações em prédios da UFS, não é um caso novo, em maio deste ano o Departamento de Geografia foi pichado com palavras de ordem contra homossexuais e negros, atingindo valores éticos, educacionais, políticos e até científicos, pois criticavam alguns professores e suas práticas pedagógico-metodológicas no curso de geografia. O caso foi denunciado pelo chefe do Departamento junto a polícia federal que continua investigando os responsáveis pela agressão.

Com informações do Sergipe em Destaque

Frases são contra o sistema de cotas da UFS (Foto: Sergipe em Destaque)