Sergipe

18/09/2009 às 16h05

MPE discutirá poluição sonora no Robalo

Redação Portal A8

A prática de poluição sonora proveniente de algumas chácaras localizadas do povoado Robalo será tema de uma audiência pública que ocorrerá no próximo dia 25, promovida pela Promotoria de Justiça Especializada em Meio Ambiente e Urbanismo do Ministério Público Estadual.

A reclamação foi protocolada pela Associação Desportiva, Cultural e Ambiental do Robalo que se queixa de que várias chácaras na Zona de Expansão estão sendo transformadas em casas de eventos e que as mesmas operam serviço de som sem o menor controle da emissão de poluição sonora, incomodando moradores das proximidades.

Segundo a Asssociação as tais casas de eventos não obedecem as regras para a prestação dos serviços, nem com relação ao volume do som, nem com relação ao alvará de funcionamento como casa de eventos.

Moradores apontam que a quantidade de decibéis praticada pelas chácaras é sempre acima do que prevê a lei municipal 2.410 e acaba com o sossego daqueles que querem descansar depois de um dia de trabalho.

A comunidade reclama que a quantidade de locais e o volume do som têm sido cada vez maiores, com todo tipo de festas, inclusive festa "rave", que tem como características principais música eletrônica com som em altíssimo volume e duração acima de 12 horas.