Sergipe

15/09/2009 às 16h28

Bares da praia de Aruana são demolidos

Redação Portal A8
Alguns donos de bares tiveram que deixar o estabelecimento de última hora. (Foto: Sérgio Ferreira)

Na manhã de ontem (15)  bares construídos de maneira irregular na praia de Aruana, em Aracaju, foram demolidos atendendo a uma determinação da Justiça Federal. A ação foi realizada conjuntamente pelo Ministério Público Federal em Sergipe (MPF/SE), Advocacia-Geral da União (AGU), Ibama e Secretaria do Patrimônio da União (SPU), com apoio das Polícias Federal e Militar, Corpo de Bombeiros, Energisa e Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes (Dnit).

Outros quatro estabelecimentos que estavam abandonados na praia do Sarney também foram retirados. Em um outro imóvel foi demolida uma piscina construída irregularmente na praia. Os bares Cabana do Zeca e Bar da Ró, na Aruana, não possuíam licenças ambientais, nem concessão da SPU para funcionamento e, por conta disso, foram alvo de ações judiciais movidas pelo MPF/SE. A Justiça Federal acatou o pedido do Ministério Público e determinou a demolição dos prédios. No local, ainda há mais três bares que são objeto de ações movidas pelo MPF/SE.

Os bares foram demolidos em cumprimento de uma ordem judicial. (Foto: Sérgio Ferreira)

Na região da praia do Sarney foram retirados os bares que estavam abandonados. A AGU notificou todos seis imóveis para que retomassem as atividades, sob pena de demolição. Deste, dois já iniciaram reformas para retomada das atividades, sendo os demais demolidos nesta terça.

Entre eles, foi retirado, inclusive, um imóvel em obras que não tinha licenças ambientais, tampouco autorização da União para ocupar o local. Os entulhos provenientes das demolições serão retirados pela Prefeitura Municipal de Aracaju.

 Com informações do MPF