Sergipe

10/09/2009 às 09h14

Força-tarefa contra a dengue visita bairros da zona sul

Redação Portal A8

Esta semana, a força-tarefa contra a dengue da Prefeitura Municipal de Aracaju (PMA) passa pelos bairros 13 de Julho, Salgado Filho, Atalaia e Santa Maria. Os trabalhos começaram nesta quarta-feira, 9, e seguem até o próximo sábado, 12. Serão realizadas visitas domiciliares com atividades de conscientização e eliminação de focos do mosquito transmissor, além de limpeza de terrenos baldios e aplicação de larvicida.

No bairro 13 de Julho, a força-tarefa teve início às 8 horas desta quarta-feira. A equipe, formada por 16 agentes de endemias e 15 homens da Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb), saiu do Ginásio Constâncio Vieira. Segundo o supervisor geral das 3ª e 4ª regiões, Sérgio de Sá, a força-tarefa retornou a algumas residências que apresentaram focos do Aeds aegypti por mais de uma vez.

"É preciso que as pessoas criem um entendimento de que não basta apenas as ações da prefeitura no combate ao mosquito. O mais importante é que haja uma conscientização de que a dengue é uma questão social e que as larvas podem estar dentro dos quintais, dentro das casas", ressaltou Sérgio.
Agenda

As atividades continuam nesta quinta-feira, 10, no bairro Salgado Filho. A ação acontece das 8 às 17 horas, partindo da praça localizada em frente ao Colégio Dinâmico. Na sexta-feira, a força-tarefa segue para o bairro Atalaia, onde 20 agentes de endemias da USF Antônio Alves, oito homens da Emsurb, tratores e caçambas vão estar trabalhando na limpeza de imóveis e terrenos baldios.

"Nossos agentes vão realizar um trabalho de pesquisa e tratamento focal e perifocal. A meta é que sejam visitados 250 imóveis somente na sexta-feira. Já no bairro Santa Maria o trabalho da força-tarefa será de intensificação do combate ao vetor.

Um contingente maior de agentes vai atuar na limpeza terrenos, praças e margens de canais. Ao todo, 40 agentes de endemias e 30 homens da Emsurb visitarão cerca de 1.500 imóveis", destacou o supervisor geral, Roberto Dias.

Tratamento focal e perifocal
Nos procedimentos de tratamento focal, o agente de endemias aplica o larvicida em locais com água limpa e parada e em depósitos que não podem ser esvaziados, como lavanderias e outros reservatórios fixos.

O tratamento perifocal é realizado em locais onde se observa a proliferação do mosquito da dengue em sua fase adulta. Nesses pontos é feita a aplicação do chamado `aduticida`. O veneno é administrado pelo agente de endemias através de uma bomba costal com capacidade para 10 litros.

Fonte: AAN