Sergipe

07/09/2009 às 16h05

IFS é o primeiro lugar geral no ENADE em Sergipe

A pontuação obtida pelo Instituto Federal de Sergipe projetou o IFS como sexto lugar geral no Nordeste dentre 126 instituições de ensino superior, ficando atrás apenas das universidades federais da Bahia, Rio Grande do Norte, Pernambuco, Paraíba e Universidade Estadual de Santa Cruz (BA).

Redação Portal A8

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Sergipe (antigo Cefet) obteve a pontuação mais alta entre as instituições públicas e particulares de ensino superior do estado avaliadas pelo Índice Geral de Cursos (IGC). Em uma escala que vai até cinco, o IFS obteve pontuação três. O índice foi divulgado na segunda-feira, 31 de agosto, pelo Ministério da Educação (MEC).

A pontuação obtida pelo Instituto Federal de Sergipe projetou o IFS como sexto lugar geral no Nordeste dentre 126 instituições de ensino superior, ficando atrás apenas das universidades federais da Bahia, Rio Grande do Norte, Pernambuco, Paraíba e Universidade Estadual de Santa Cruz (BA).

Em Sergipe, o IFS obteve 45 pontos acima da segunda colocada, a Universidade Federal de Sergipe. O Instituto Federal de Sergipe obteve 293 pontos nos seguintes cursos avaliados: Curso Superior de Tecnologia em Saneamento Ambiental (Campus Aracaju), Curso Superior de Tecnologia em Automação Industrial (Campus Lagarto) e Licenciatura em Matemática (Campus Aracaju).

Segundo o reitor do IFS, professor Joarez Vrubel, o resultado atingido pelo Instituto Federal de Sergipe consolida a política de ensino da instituição e da rede federal de educação profissional e tecnológica em nosso país.

Atualmente, o Instituto Federal de Sergipe oferta vagas através de processo seletivo via Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) em etapa única, para os seguintes cursos de graduação: Engenharia de Produção Civil, Licenciatura em Química, Licenciatura em Matemática, Curso Superior em Saneamento Ambiental e Curso Superior em Gestão de Turismo no Campus Aracaju; Curso Superior em Automação Industrial no Campus Lagarto e Curso Superior em Agroecologia no Campus São Cristóvão.

Fonte:Ascom / IFS