Sergipe

04/09/2009 às 15h50

Preso funcionário da SSP que favorecia prostituição

Redação Portal A8

Após denúncias a Polícia Civil efetuou a prisão de Antonio Farias, 56 anos, acusado de favorecer a prostituição e extorquir prostitutas do centro de Aracaju. A  operação ocorreu na madrugada desta sexta-feira (04), no momento em que o acusado deixava o estabelecimento, de sua propriedade, onde promovia  os encontros entre as garotas de programa e clientes. Antonio é funcionário da Secretaria de Segurança Publica (SSP) e se passava por policial civil, quando na verdade era motorista do Órgão.

Segundo o delegado corregedor Frederico Murici, o preso usava fardas da polícia e se prevalecia da posição para não prender as garotas de programa, que também agiam a favor do tráfico de drogas. "Há suspeitas de que ele extorquia as prostitutas e as usava como ‘aviões`, espécie de mensageiras", explicou Frederico.

Ainda de acordo com o delegado o acusado responde por outros dois inquéritos e um terceiro está sendo aberto. "Em outra ocasião ele foi indiciado por facilitar a fuga de presos da 9ª delegacia, localizada no Conjunto Fernando Collor," contou o corregedor que também ressaltou a participação da esposa de Antonio na casa de prostituição. "A esposa dele era gerente do estabelecimento, mas não foi presa", relatou.