Sergipe

09/03/2009 às 10h42

Seis lojas são arrombadas no centro da cidade

Redação Portal A8

Falta de segurança deixa comerciantes da Travessa João Quintiliano Fonseca no prejuízo (Douglas Magalhães)
As lojas do centro comercial de Aracaju continuam sendo alvos fáceis para os arrombadores. Na madrugada de hoje (09) seis estabelecimentos comerciais foram arrombados na Travessa João Quintiliano da Fonseca. Em uma das lojas, os infratores chegaram a atear fogo.

De acordo com a polícia técnica, os criminosos arrombaram a porta da frente do estabelecimento "Atitude Moda", levando grande parte da mercadoria como roupas e sapatos. Eles também vasculharam gavetas e armários, possivelmente à procura de dinheiro.

Através desse estabelecimento, os arrombadores entraram em outras cinco lojas. "Os delinqüentes usaram uma espécie de marreta para fazer um buraco na parede que liga uma loja a outra", disse à polícia ao acrescentar que para entrar na maioria dos estabelecimentos, o grupo escalou a parede, entrando pelo telhado.

Arrombadores fizeram um buraco em uma das lojas para ter acesso aos demais estabelecimentos vizinhos (Douglas Magalhães)

A proprietária de um dos estabelecimentos informou que ação dos arrombadores vem sendo facilitada pela falta de policiamento no centro e, principalmente, pelo grande número de ônibus que estaciona em frente às lojas no período da noite. "Eles agem que ninguém percebe", disse a comerciante que preferiu não se identificar.

"Pagamos impostos, mas não temos os benefícios necessários. A segurança no centro da cidade sempre foi falha", lamenta uma outra comerciante que também teve a loja de confecções arrombada. "Não sei ainda qual o tamanho do prejuízo. A única certeza que tenho é que estamos à mercê da própria sorte e da ação, cada vez mais ousada, dos infratores", disse.