Sergipe

06/03/2009 às 16h13

Audiência de Gualberto e Nivaldo é adiada

Ficou para o próximo dia 27 a audiência de conciliação, envolvendo o deputado estadual Francisco Gualberto (PT) e o sindicalista Nivaldo Fernandes, do Sindicato dos Servidores do Município de Aracaju (Sepuma).

Redação Portal A8

Por conta da ausência de um representante do Ministério Público, foi adiada de hoje (6), para o próximo dia 27, a audiência de conciliação entre o deputado estadual Francisco Gualberto (PT) e o presidente do Sindicato dos Servidores do Município de Aracaju (Sepuma), Nivaldo Fernandes, sobre a suposta investida do deputado contra o sindicalista, com um facão.

O fato aconteceu no ano passado, durante as eleições para a escolha dos novos dirigentes do Sindicato dos Professores do Município de Aracaju (Sindipema), quando os dois acabaram se desentendendo. Gualberto alega que se armou com um facão, que estava no porta-malas do seu carro, para se defender.

O relator do processo, desembargador Osório de Araújo Ramos intimou de imediato as partes e seus respectivos advogados. Ao Ministério Público enviou intimação formal para a próxima audiência, que acontece no 8º andar do Tribunal de Justiça de Sergipe. Havendo acordo, o que é pouco provável, o processo será extinto.

O advogado de Gualberto, Paulo Ernani de Menezes, pediu a retificação do processo, uma vez que Gualberto e Nivaldo figuram como denunciante e denunciado. Nos autos, também, segundo Paulo, existiam dois termos circunstanciado.