Sergipe

05/03/2009 às 16h09

Usuários sofrem com demora no atendimento

Redação Portal A8

Com a proximidade do prazo final para o recadastramento do Cartão Mais Aracaju, os usuários de transporte coletivo têm enfrentado problemas durante a efetuação do cadastro na sede do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Município de Aracaju (Setransp). Segundo os estudantes, as principais dificuldades são a demora no atendimento, calor, a falta de assentos e o número insuficiente de atendentes para agilizar o atendimento.

O estudante universitário Cleuto Ramos chegou às 8 horas, pensou ser fácil o atendimento, mas se surpreendeu quando pegou a senha de número 909 no mesmo instante em que o segurança chama a senha de número 361. "Só aí foi que caiu a ficha , 539 pessoas estão na minha frente, será que consigo sair daqui hoje?", ironizou Ramos.

A falta de organização no atendimento irritou a dona de casa Ana Maria Gomes, que saiu de casa às 7 horas e pegou a senha de número 667. "Vou ter que esperar muito. Abandonei o lar, não fiz nem comida já liguei pra casa pedindo para que cada um dos filhos se ajeite como puder porque não tenho hora para chegar`` relatou. Gerson Alves Costa trocou a folga no trabalho para enfrentar a fila do Setransp , ele chegou as 7 horas e quinze minutos e só conseguiu entrar às 10 horas e 10 minutos. "Assim fica difícil recadastrar o cartão. Quantos dias de emprego vou ter que perder?",questionou.

Há três dias a dona de casa Wilde Santos vai ao Setransp fazer o recadastramento do Cartão Aracaju Mais do filho, mas a quantidade de pessoas que está na frente dela, sempre a faz desistir. "Hoje peguei a senha número 875, o que significa que tem 360 pessoas na minha frente", falou.

No local foi colocado um toldo com cinqüenta cadeiras , mas não é suficiente , muita gente fica em pé ou sentada no chão . Hoje pela manhã o calor estava insuportável e pra complicar ainda mais a situação um dos ventiladores estava quebrado.

De acordo com informações da assessoria do Setransp, o recadastramento está acontecendo desde janeiro, mas só agora os 60 mil usuários começaram a procurar a empresa. Devido a demanda o prazo para recadastramento, que estava estipulado para o dia 13, foi prorrogado para o final do mês. "Quem não fizer o recadastramento até o dia 30 terá o cartão bloqueado. Mas, pode ir a sede do Setransp e fazer o recadastramento para liberação do cartão sem problemas. Nós também estaremos atendendo sábados, domingos e no dia 17, aniversário da capital", explicou a assessora de Comunicação do Setransp, Alessandra Franco.