Sergipe

05/03/2009 às 18h01

População vai ficar sem médico no final de semana

Uma comissão de vereadores tentou junto a Prefeitura de Aracaju antecipar a reunião de negociações com os médicos da rede que está marcada para a próxima segunda-feira(9).

Redação Portal A8
Médicos lutam por um salário de R$ 8.239 por 20 horas semanais ()

Uma comissão de vereadores tentou junto a Prefeitura de Aracaju antecipar a reunião de negociações com os médicos da rede que está marcada para a próxima segunda-feira (09). Mas a tentativa foi em vão.

De acordo com o vereador, Ivaldo José, líder do PDT o secretário municipal de Governo, Bosco Rolemberg afirmou que não poderia antecipar a negociação porque somente nesse final de semana a Prefeitura vai ter um diagnóstico da situação financeira municipal. "Eles alegam que a Prefeitura teve uma queda de arrecadação", disse o parlamentar.

Segundo o Secretário houve uma queda na receita do município em relação aos dois primeiros meses de 2008 (40% dos royalties, 14% do Fundo de Participação dos Municípios - FPM - e 7% do ICMS -.

Paralisação

Na segunda-feira (09) a programação será centralizada no Hospital Municipal da Zona Sul Des. Fernando Franco.

Os 340 médicos da prefeitura (100 do Programa Saúde na Família, 60 plantonistas e 180 especialistas), que atualmente recebem um salário-base de R$ 1,7 mil por 40 horas semanais de trabalho, mais uma complementação do Ministério da Saúde, totalizando R$ 4,5 mil, querem ganhar R$ 8.239 por 20 horas semanais. A maioria dos médicos que atua na Secretaria Municipal de Saúde trabalha 40 horas semanais.