Sergipe

02/03/2009 às 19h57

Técnicas de Irrigação e agroecologia são incentivadas

Redação Portal A8

Alunos do Colégio Agrícola de Cristinápolis receberam kits de irrigação, da Secretaria de Estado da Agricultura e do Desenvolvimento Agrário (Seagri). A iniciativa permite que a tecnologia seja divulgada entre os alunos, na sua grande maioria, filhos de produtores rurais, incentivando o uso da irrigação em períodos de estiagem. A Empresa de Desenvolvimento Agropecuário de Sergipe (Emdagro) vai orientar e supervisionar todo o processo de implantação e utilização dos kits.

Cada um dos kits de irrigação por gotejamento cobre dois mil metros quadrados de área, o que vai permitir a estruturação do sistema irrigante da escola agrícola. São módulos compostos por registro, filtro, linhas de distribuição, tubos gotejadores, conectores e acessórios complementares. Os equipamentos serão utilizados na implantação de duas hortas escolares educativas de pimentão e tomate.

Para o secretário de Estado da Agricultura, Paulo Viana, essa doação representa o apoio do Governo na difusão de práticas modernas no campo. "É um trabalho que estimula a adoção de bons hábitos alimentares por parte das famílias dos estudantes e contribui para a transição de um modelo de agricultura conservadora para a prática da produção agroecológica e sustentável, disponibilizando alimentos saudáveis e livres de agrotóxicos. A iniciativa proporciona, enfim, melhoria da qualidade de vida e do bem estar social dos envolvidos e familiares", afirma.

Assim que os kits de irrigação forem instalados, os estudantes passarão a aprender a utilizá-los nas aulas práticas e no plantio das hortas educativas. A Emdagro vai acompanhar os trabalhos de perto, conferindo os índices de produtividade. Os dados serão usados para demonstrar a outros estabelecimentos agrícolas e produtores rurais como a irrigação pode proporcionar resultados melhores.

Nos últimos dois anos, a Seagri já distribuiu outros kits entre agricultores familiares e escolas nos municípios sergipanos. Em Estância, por exemplo, a irrigação tem sido utilizada em horta escolar, assim como em Santa Luzia do Itanhi, onde as famílias estão tirando seu sustento com a produção de hortaliças sem o uso de agrotóxicos.

Com informações da ASN