Sergipe

02/03/2009 às 16h58

MPE dá prazo para o Governo resolver situação de famílias

Redação Portal A8

O Governo do Estado tem um prazo de 30 dias para providenciar a retirada das famílias que estão há nove meses vivendo em condições subumanas num galpão do bairro Siqueira Campos. A determinação foi anunciada hoje (2), pelo Ministério Público Estadual, tendo por base o relatório elaborado pelo Corpo de Bombeiros sobre as condições de risco da área.
De acordo com o diretor de Atividades Técnicas do Corpo de Bombeiros, tenente-coronel Souza Santos, o local representa um grande perigo para as famílias. "Identificamos no galpão todos os elementos que podem causar um grave incêndio no local. São 91 botijões de gás mal instalados, gambiarras, material inflamável, além de uma superlotação.Os barracos estão amontoados, se houver um incêndio, mesmo em pequena proporção, haverá uma tragédia, poucos sobreviverão", alertou o coronel.
Algumas medidas já serão colocadas em prática, como a construção de uma cozinha comunitária que permita eliminar os botijões de gás do alojamento e o cadastramento das crianças e adolescentes em projetos sociais da Prefeitura Municipal de Aracaju. As famílias serão beneficiadas com 227 casas no conjunto Marcos Freire II, em Nossa Senhora do Socorro, mas até a construção das casas, elas poderão morar em prédios alugados pela Secretaria de Estado da Inclusão Social.