Sergipe

26/02/2009 às 11h25

Oito bancas são arrombadas no mercado central de Aracaju

Redação Portal A8

 

Insegurança:  feirantes acumulam prejuízo/Foto: Douglas Magalhães

Comerciantes do Mercado central de Aracaju continuam acumulando prejuízo devido à falta de segurança interna. Na madrugada de hoje (26) oito bancas foram arrombadas no Mercado Albano Franco (carne e hortifrutigranjeiros).

 

Uma das vítimas foi o comerciante, Roberto Oliveira, que vende doces caseiros. "Fizeram um arrastão. Levaram vários produtos, consumiram muito, danificaram minha banca, abriram várias compotas de doce. Por baixo tive um prejuízo de quase R$ 2 mil", calcula o vendedor que não esconde a indignação diante da falta da segurança interna.

Na banca de José Alves Lima o prejuízo também foi grande. "Levaram quase um cento de bananas, sem contar as que consumiram e as que jogaram no lixo apenas pelo prazer de destruir. É lamentável, mas a ação de bandidos na área interna do mercado não é novidade pra ninguém", disse ele.

José Alves de Lima, que também vende frutas, não escapou da ação dos arrombadores. "Ainda não calculei o prejuízo", disse ao ressaltar a necessidade de uma região na política de segurança interna do mercado.

Guarda Municipal

Atualmente a segurança interna do mercado é feita pela Guarda Municipal. "Temos um efetivo de oito guardas no local que atuam em regime de revezamento. Os guardas não ficam somente voltados para a área interna, mas também externa", disse o guarda Tarcísio Morais.
Para os feirantes, a necessidade de reforçar o policiamento é uma realidade que vem sendo reivindicada desde o ano passado quando o posto da Polícia Militar que funcionava no local foi desativado. "Fecharam a unidade com a promessa de que seria feita um reforma, o que nunca aconteceu", denunciam os feirantes.