Sergipe

20/02/2009 às 11h59

Um sergipano vai depor em favor de acusados do esquema

O ministro Joaquim Barbosa, do Supremo Tribunal Federal (STF) determinou a ouvida de um sergipano que vai depor em favor dos acusados do escândalo do mensalão, desarticulado em 2006.

Redação Portal A8

Apenas uma pessoa em Sergipe - cujo nome não foi revelado - vai depor em defesa dos acusados do mensalão, o escândalo comandado pelo ex-ministro-chefe da Casa Civil, José Dirceu e o empresário Marcos Valério. O depoimento será colhido por um juiz federal, como determinou o Supremo Tribunal Federal (STF). No total serão ouvidas mais de 500 testemunhas, em vários Estados brasileiros.

As oitivas foram determinadas pelo ministro Joaquim Barbosa, relator da Ação Penal (AP) 470, que investiga o escândalo do qual são acusados 39 réus pelos juízes federais que já atuaram no processo.

A Ação Penal foi aberta em agosto de 2007, quando o Plenário do STF recebeu a denúncia do procurador-geral da República, Antonio Fernando Souza, contra os 40 acusados de envolvimento no esquema do mensalão, em que parlamentares supostamente receberiam dinheiro em troca de apoio político ao governo. O julgamento durou 5 dias e cerca de 30 horas.

 As inquirições serão iniciadas pelo Estado de Minas Gerais e o prazo para as testemunhas começarem a ser ouvidas será contado do recebimento da carta de ordem do ministro.