Sergipe

19/02/2009 às 16h47

Joel quer ir a Assembléia mostrar que Deda não cumpre a lei do piso

O presidente do Sindicato dos professores do Estado de Sergipe (Sintese), Joel Almeida desafiou hoje (19) o Governo do Estado e os parlamentares da sua bancada a aprovarem requerimento convidando-o a falar sobre a não implantação do piso nacional da categoria, na Assembleia Legislativa.

Redação Portal A8

O presidente do Sindicato dos professores do Estado de Sergipe (Sintese), Joel Almeida desafiou hoje (19) o Governo do Estado e os parlamentares da sua bancada a aprovarem requerimento convidando-o a falar sobre a não implantação do piso nacional da categoria por parte do governador Marcelo Deda (PT).

"Eu sei que há um requerimento apresentado pela oposição. Como a Assembléia Legislativa é uma casa política pode ser que a bancada do governo não queira aprovar. Assim, qualquer parlamentar da base governista, até mesmo o líder do governo, deputado Francisco Gualberto, pode propor esse requerimento para que nós possamos discutir essa questão e mostrar que o governador não está cumprindo a lei", disse Joel.

Militante do PT, Joel disse não concordar com a forma como o governador Marcelo Deda tem tratado os professores da rede pública. Para ele, o tratamento tem sido igual ao dispensado à categoria pelo governador João Alves Filho (DEM). "Eu não represento uma classe de leigos ou analfabetos. Os professores entendem e discutem sobre o que está acontecendo. E todos sabem que o governador não está respeitando a lei do piso", disse o sindicalista.

Segundo ele, "o governador não aumentou o vencimento básico, paga menos que o mínimo a um professor do nível médio e descumpriu o parecer da Procuradoria Geral do Estado que diz que o Estado tem que pagar o piso de R$ 950". Joel disse que está disposto a fazer o debate para os parlamentares e para a sociedade, mas teme, no entanto,  que o Sintese não tenha o espaço devido para promover o debate sobre o assunto.