Sergipe

19/02/2009 às 08h39

Escola suspende aula por falta de água

Redação Portal A8

Lata d`água na cabeça. Essa é a cena mais comum nos bairros de Aracaju. A falta de água nas torneiras é um problema antigo que afeta os aracajuanos e que se agravou diante da nova medida da Deso ao implantar o sistema de rodízio. Nesta quinta-feira (19) várias localidades amanheceram, literalmente, na seca, causando uma grita geral na população.

Pela tabela da Deso, os bairros da zona sul que estavam com o sistema de abastecimento suspenso desde a última terça-feira, deveriam ter amanhecido Hoje (19) com água nas torneiras, o que não ocorreu. O conjunto Augusto Franco é um exemplo da falha do rodízio. "Não tem uma gota de água nas torneiras. Estou sendo obrigada a comprar água mineral até mesmo para dar banho nas crianças", lamenta a dona de casa Abigail Menezes.

Ainda no conjunto Augusto Franco, a falta de água obrigou a direção da escola Glorita Portugal a suspender as aulas. "Não há condições alguma de desenvolver as atividades escolares sem água. Vamos ter que mandar os alunos voltar para a casa", afirma a pedagoga, Telma Maria.

Em algumas localidades, a exemplo, do bairro Santos Dumont, zona norte da cidade, a água faltou antes mesmo do rodízio. "Na hora de pagar, a Deso exige pontualidade dos consumidores, mas quando se trata de prestar o serviço de forma adequada, o órgão ignora as necessidades da população", disse a professora Amintas Milena.