Sergipe

15/02/2009 às 23h09

Economia sergipana contabiliza R$ 445 milhões em cheques sem fundos

Redação Portal A8

 

Volume de cheque sem fundo é grande

O volume de cheques devolvidos por falta de fundos em Sergipe reduziu em dezembro do ano passado na comparação com o mesmo período de 2007, mas o calote ainda é expressivo. Foram R$ 445 milhões, correspondentes a cheques ‘borrachudos`, o que significa que de cada cem reais em cheque trocados quatorze reais e doze centavos foram devolvidos sem fundo no Estado. Em 2007 esse valor era de quatorze reais e dezoito centavos.

 

Os dados do DIEESE, tendo como parâmetro o Banco Central mostram que a economia sergipana fechou o ano de 2008 com 3,2 bilhões de reais em cheques trocados. "Mesmo com a crise financeira o percentual de cheques devolvidos sem fundo no Estado não aumentou significativamente em dezembro de 2008 comparado com o mesmo mês de 2007, afirma o economista do Dieese, Luiz Moura. Ele frisa que em dezembro de 2007 de cada cem reais de cheques trocados treze reais e quatro centavos eram devolvidos sem fundos, em dezembro de 2008 esse valor ficou em treze reais e noventa e oito centavos.