Sergipe

14/02/2009 às 18h05

Defensor público e seus familiares são mantidos como reféns

Redação Portal A8

O defensor público, Lafaete Reis Franco, 30 anos, e sua família viveram momentos de horror na madrugada de hoje (15). Ao chegar em casa, por volta da meia noite, a vítima foi rendida por quatro homens armados. Sob a mira de revólveres, o defensor foi obrigado a entrar na residência, onde também estavam alguns de seus familiares.
O defensor foi abordado ao descer do carro para abrir o portão da garagem. O fato ocorreu na Rua Américo Curvelo, bairro Salgado Filho, zona sul da cidade. As vítimas foram ameaçadas e depois trancadas em um dos compartimentos da casa. Os ladrões fizeram um arrastão, levando tudo que puderam.
"Estava voltando de uma festa quando fui surpreendido pelos bandidos na porta de casa", disse o defensor à polícia. O carro da vítima, um Peugeot foi levado pela quadrilha e até o momento não foi localizado pela polícia. "A insegurança nessa área é muito grande", disse o defensor ao acrescentar que a casa já foi invadida uma outra vez.
"Meus pais moram aqui há 30 anos. A casa tem cerca elétrica e segurança particular, mas essas medidas já mostram que não são suficientes diante da ousadia dos bandidos", lamenta o defensor, Lafaete Reis.