Sergipe

13/02/2009 às 21h04

Inscrições para o ProJovem Urbano começam na próxima segunda-feira, 16

Redação Portal A8

Começam na próxima segunda-feira, 16, as inscrições para o programa ProJovem Urbano. Estão sendo oferecidas em Sergipe 7.200 vagas, distribuídas entre 36 municípios. As aulas ocorrerão em 18 municípios-núcleos instalados em todo o estado.

Para a implementação programa no estado, o Governo Federal investiu cerca de R$ 22 milhões, que serão aplicados em ações estruturais e operacionais. Podem se inscrever no ProJovem Urbano, jovens que tenham entre 18 e 29 anos, saibam ler e escrever e não tenham concluído o Ensino Fundamental. As inscrições prosseguem até o dia 20 de março.

O aluno matriculado no programa vai concluir o Ensino Fundamental em 18 meses. Ele terá aulas de informática e poderá optar por uma qualificação profissional nas áreas de Agroextrativismo, Construção e Reparo I, Serviços Pessoais, Telemática ou Turismo e Hospitalidade.

O estudante também receberá fardamento para identificação e alimentação escolar. Aquele que tiver 75% de frequência terá direito a uma bolsa- incentivo de R$ 100 por mês.

As inscrições serão feitas na sede dos 18 municípios-núcleos. Para a matrícula são necessárias originais e cópias da carteira de identidade, comprovante de residência e histórico escolar. A meta do programa é matricular 400 alunos por município-núcleo.

Parcerias

A coordenadora do ProJovem, professora Stelamaris Tores Melo, destacou a contribuição de Movimentos Sociais para a implantação do programa em Sergipe.

"Foi imprescindível a contribuição do Movimento dos Trabalhadores Sem-Terra (MST) e do Movimento Social Urbano (MSU). A Secretaria de Estado do Trabalho, da Juventude e da Promoção da Igualdade Social (Setrapis), por meio da Coordenadoria Estadual da Juventude, também foi fundamental para a execução do ProJovem", revelou.

"O ProJovem é a concretização de mais um compromisso assumido pelo Governo do Estado em prestar um atendimento escolar de qualidade aos sergipanos. O programa irá proporcionar que o aluno conclua o Ensino Fundamental em 18 meses com uma qualificação profissional", explicou.

Turmas inclusivas

O ProJovem Urbano reservou 36 vagas para alunos com deficiência auditiva, distribuídas em 6 turmas. O Centro de Referência em Educação Especial de Sergipe (CREESE) vai informar ao programa quais alunos apresentam a deficiência e também se responsabilizará pela sua inscrição e acompanhamento. As aulas acontecerão em turmas inclusivas com a presença de intérprete em Língua Brasileira de Sinais (Libras).

Treinamento

A Secretaria de Estado da Educação (SEED) promoveu nesta sexta-feira, 13, um treinamento para a formação de agentes responsáveis pelas matrículas do ProJovem Urbano nos municípios-núcleos. A capacitação ocorreu no Centro Municipal de Aperfeiçoamento e Recursos Humanos (Cemarh), localizado no bairro Siqueira Campos, e buscou habilitar 180 pessoas para atuar nos municípios divulgando o programa e matriculando os alunos.

"Essa capacitação é muito importante já que esses agentes farão a divulgação em seus municípios e serão responsáveis pela adesão dos jovens ao programa", explicou o professor Paulo Neto, coordenador executivo do ProJovem Urbano.

Fonte: ASN