Política

30/08/2019 às 15h55

Polícias definem planejamento de atuação durante eleições em Riachão do Dantas

SSP/SE

As polícias Militar (PM) e Civil (PC) definiram os planejamentos estratégicos e de atuação durante a eleição suplementar de Riachão do Dantas, que ocorrerá no próximo domingo, 1º de setembro. A PM irá reforçar os locais de votação com 200 policiais. Já a PC irá transferir o plantão de Maruim para Riachão dos Dantas.

O objetivo é garantir a preservação da ordem pública durante o pleito eleitoral. Em reunião na manhã dessa quarta-feira (28) no Quartel do Comando Geral (QCG) da PM, foi definido o esquema de segurança da instituição. Os agentes atuarão em escala extra, reforçando os 22 locais de votação no município.

"Esperamos nos antecipar a eventuais problemas e proporcionar à população de Riachão do Dantas uma eleição tranquila, dentro da legalidade e da ordem”, explicou o subcomandante da PM, coronel Paulo Paiva.

A PC irá transferir o plantão de Maruim para Riachão do Dantas. As equipes serão coordenadas pelo delegado Jorge Eduardo. Haverá equipes de investigação e móvel, com cerca de 20 agentes. As equipes irão atuar na verificação de denúncias de crimes eleitorais, como compra de votos, outras motivações eleitorais e relacionados ao trânsito.

"A partir de hoje já teremos uma equipe de plantão na delegacia, para os procedimentos internos, uma equipe de investigação e também uma equipe de pronto emprego, que é a Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (Core),  que estará lá também caso haja a necessidade de acionamento de uma equipe de pronto emprego", detalhou o delegado Fabio Pereira, coordenador das delegacias do interior (Copci).

A Polícia Civil estará à disposição para registrar todas as denúncias relativas às eleições. "Podem fazer essa denúncia. estamos com as equipes de prontidão para que a eleição transcorra com a maior tranquilidade possível. Como em todas as eleições há acirramento, pedimos que as pessoas que porventura estejam adeptos a um candidato ou a outro ajam com tranquilidade e exerçam suas cidadania da forma mais tranquila, sem excessos", complementou o delegado.

A operação terá início nesta sexta-feira, 30, e prossegue até o domingo, 1º de setembro, data em que será realizada a votação.

 


Fonte: SSP/SE