Política

02/04/2019 às 16h33

Movimento denuncia diárias das Câmaras do interior no MP

Com informações da assessoria de imprensa

O Movimento Atitude Sergipe (Mova-SE) entrou com representações no Ministério Público Estadual solicitando averiguação na concessão das diárias nas Câmaras de Nossa Senhora da Glória, Nossa Senhora das Dores e Barra dos Coqueiros. Logo após a denúncia, o órgão solicitou documentação aos parlamentos destes municípios para averiguar todo processo de concessão de diárias.

De acordo com o Mova-SE, os valores concedidos em diárias são considerados elevados. Conforme a pesquisa feita, o valor fica entre R$ 700 a R$ 800 nessas Câmaras enquanto a quantia para um ministro de Estado não ultrapassa a R$ 581 e dos magistrados não ultrapassa R$ 700.

O gasto com a concessão de diárias, segundo levantamento do movimento, foi de aproximadamente R$ 140 mil na Câmara de Nossa Senhora das Dores em 2018. Já na Barra dos Coqueiros, o valor foi de R$ 156 mil. A maior parte dos eventos foram realizados em Maceió.

Ainda segundo o Mova-SE, a empresa que realiza a maioria dos eventos tem sede em Aracaju, porém os eventos são realizados em Maceió. “Já que a empresa realizadora da maioria dos eventos fica em Aracaju porque não realiza os eventos aqui em Aracaju mesmo, desta forma economizando nos valores de diárias?”, questiona Uilliam Pinheiro, membro do movimento.

Através das ações de fiscalização do MOVA-SE, agora são quatro Câmaras de Vereadores que o Ministério Público investiga as concessões de diárias.


Fonte: Com informações da assessoria de imprensa