Mundo

15/04/2010 às 10h00

Idoso acha que mulher é vampira e corta sua cabeça

Redação Portal A8

Um filipino da cidade de Ilolo cortou a cabeça de sua mulher com um facão, enquanto ela dormia, por ter achado que ela era uma vampira.

Rodolfo Rojo, de 61 anos, foi até a delegacia de polícia local, confessou o crime e se entregou. Os investigadores foram até a casa dele e encontraram o cadáver da mulher, de 70 anos, estendido na cama. A cabeça estava um metro adiante, no chão do quarto.

Rojo contou para a polícia que matou a mulher, Adela, porque pensou que ela era uma aswang, uma das criaturas folclóricas mais temidas do folclore da República das Filipinas.

Segundo ele, quando viu sua mulher deitada na cama, teve certeza absoluta que ela era uma dessas criaturas. Imediatamente, ele teria ido a cozinha, pego a maior faca disponível e, com dois golpes, cortou a cabeça dela fora.

A família de Rojo diz que ele tem se comportado de modo esquisito de uns tempos para cá e eles tem achado que ele sofre de alguma enfermidade mental. Por via das dúvidas, a polícia está mantendo o sujeito preso até a família dele decidir se vai dar queixa ou não.

 

Fonte: R7