Mundo

15/09/2009 às 20h17

Licença paternidade poderá durar até 6 meses na Grã-Bretanha

Os pais atualmente têm direito a duas semanas de licença paternidade remunerada

Redação Portal A8

O governo britânico deve anunciar regras que flexibilizam a licença maternidade, possibilitando a transferência de até seis meses de benefício ao pai da criança.

Segundo as regras atuais, a licença maternidade remunerada (mas não com salário integral) pode durar até nove meses, sendo que as mães podem optar por ficar até um ano afastadas do trabalho.

Já os pais atualmente têm direito a duas semanas de licença paternidade remunerada, que podem ser tiradas até oito semanas depois do nascimento do filho.

Segundo as novas regras, se a mãe decidir voltar ao trabalho antes de completar um ano de licença, o pai poderá usufruir do resto da licença e ficar em casa com o bebê por até seis meses, recebendo remuneração por até três meses.

Os benefícios se estendem a casais gays, ou que tenham adotado o filho.

Por medidas de contenção de despesas, o governo, no entanto, desistiu dos planos de ampliar o perído de licença maternidade remunerada para até 12 meses.

Fonte: BBC Brasil