Mundo

15/09/2009 às 11h01

Morales acusa EUA de pagarem campanha da oposição na Bolívia

Redação Portal A8

O presidente boliviano, Evo Morales, em visita oficial a Espanha, acusou nesta terça-feira o governo dos Estados Unidos de pagar a campanha eleitoral de seus opositores para as eleições gerais de 6 de dezembro próximo.

"Tenho informações de que a USAID [Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional] paga campanha para meus opositores", afirmou Morales em uma entrevista à televisão pública espanhola.

"Espero que novamente a embaixada não esteja envolvida em ações políticas", completou o presidente da Bolívia --que não deu provas ou fontes da informação.

"São diplomatas, os diplomatas fazem negócios para seu país da embaixada e não é uma ação política que deveria ser feita na Bolívia", acrescentou Morales.

Morales negou que seu encontro com membros da comunidade boliviana na Espanha, no domingo passado, marque parte de sua campanha eleitoral. "Eu não estou em campanha", afirmou.

"Surpreendeu-me na Espanha os milhares de companheiros concentrados, não apenas bolivianos, colombianos, equatorianos, venezuelanos, cubanos, quase toda a América Latina. Se querem nos escutar, estamos aqui", afirmou.

O presidente boliviano encerra nesta terça-feira a primeira visita oficial a Espanha com um encontro com o chefe de governo espanhol, José Luis Rodríguez Zapatero.

Na agenda da viagem de Morales estão diversos temas bilaterais e internacionais, como a próxima Cúpula Iberoamericana de Estoril, em Portugal e a Presidência espanhola da União Europeia, no próximo semestre.

Fonte: Folha OnLine