Mundo

15/09/2009 às 10h58

Enchentes deixam ao menos 15 mortos em vila na Indonésia

Redação Portal A8

Ao menos 15 pessoas morreram e outras 25 estão desaparecidas em Madina, uma vila remota da parte montanhosa da Indonésia, afirmaram autoridades locais. As fortes chuvas causaram ao menos 38 mortes no país e deixaram 2.000 famílias desabrigadas na ilha de Sumatra (oeste).

Equipes de busca e resgate foram enviadas para Madina, no distrito de Sumatra do Norte, a cerca de 1.250 km ao noroeste da capital Jacarta, informou o porta-voz do governo provincial Edi Syofian.

Centenas de pessoas fugiram da enchente, que inundou casas da região. Suprimentos médicos, comida e tendas estão sendo levados à área, que fica a várias horas de viagem da cidade mais próxima, informou a chefe do Centro de Crises do Ministério de Saúde, Rustam Pakaya.

Na área de Mandailing Natal, a 1.300 quilômetros ao noroeste de Jacarta, os moradores recuperaram corpos de pessoas arrastadas pela água.

A zona afetada é uma remota área da província de Sumatra do Norte e fica a quase um dia de viagem por estrada a partir da capital da Província, Medan.

Segundo fontes do governo provincial, uma ponte foi danificada pelas enchentes, o que dificulta ainda mais o trânsito das equipes de resgate, as quais não devem chegar a seu destino antes da noite desta terça-feira.

O nível da água chegou a 60 centímetros de altura nos quatro povoados afetados, segundo a imprensa local. Funcionários do centro de crise do Ministério da Saúde da Indonésia fazem o atendimento aos desabrigados.

Chuvas sazonais causam enchentes anuais na Indonésia, um arquipélago com 17 mil ilhas onde milhões vivem em áreas montanhosas isoladas ou perto de vales suscetíveis a enchentes.

Fonte: Folha OnLine