Mundo

23/03/2009 às 09h58

Queda de avião mata 7 adultos e 7 crianças nos EUA

A aeronave caiu a menos de 152 metros da cabeceira da pista, quando tentava aterrissar, e incendiou-se

Redação Portal A8

Queda de avião mata 7 adultos e 7 crianças nos EUA (Reuters)
Um oficial federal disse que 14 pessoas morreram na queda de um pequeno avião que se preparava para aterrissar no aeroporto de Butte, em Montana, informou a Administração Federal de Aviação (FAA) dos Estados Unidos, na noite de domingo, 22.

O número de mortos foi confirmado na noite deste domingo por Karen Byrd, funcionária da Administração Federal de Aviação (FAA) em Renton, Washington. Segundo ela, as vítimas são sete adultos e sete crianças. Inicialmente, chegou a ser informado que dezessete pessoas haviam morrido.

O aparelho caiu a 152 metros da pista de aterrissagem do aeroporto Bert Mooney, segundo um porta-voz da FAA, Mike Fergus. Segundo o jornal The Montana Standard, a aeronave caiu no Cemitério Holy Cross, em Butte. O FAA não confirmou essa informação e afirmou que a aeronave caiu fora do cemitério.

O monomotor, que tinha decolado de Orville, na Califórnia, viajava originalmente para a cidade de Bozeman, mas por motivos ainda desconhecidos desviou sua rota e tentou aterrissar em Butte. Entre as vítimas do acidente não há mortos em terra. "Acreditamos que se tratava de uma excursão de crianças para esquiar", indicou o porta-voz, que informou que o aparelho acidentado é um Pilatus PC-12, fabricado em 2001.

Investigadores da Agência de Segurança no Transporte se encontram no aeroporto para tentar esclarecer o acidente. Kenny Gulick, de 14 anos e vizinho do aeroporto, contou ao Montana Standard que "de repente o piloto perdeu controle e entrou em espiral. Ele não conseguiu se recuperar a tempo e se chocou contra as árvores do cemitério ao lado do aeroporto".

Uma foto do acidente mostrou chamas próximo ao aeroporto de Butte. Uma mulher contou à CNN que ela e seu marido viram o avião mergulhar de bico e correram para o local a fim de tentar prestar socorro. Segundo o marido, quando o casal chegou ao local da queda "tudo estava em chamas". "E não sobrou muita coisa do avião", afirmou. Ele disse que a aeronave ficou enterrada no solo.

Na Califórnia, Tom Hagler disse que viu um grupo de cerca de 12 crianças e quatro adultos no Aeroporto Municipal de Oroville na manhã deste domingo. Hagler, proprietário da Table Mountain Aviation, descreveu as crianças como tendo entre 6 e 10 anos de idade. Ele deixou que elas usassem o banheiro em seu escritório. "Havia muitas crianças no grupo", disse.

Dorr afirmou que o avião aparentemente pertencia à empresa Eagle Cap Leasing da cidade de Enterprise, no Oregon. Segundo o porta-voz da FAA, esse tipo de aeronave normalmente transporta de nove a 10 pessoas, mas pode ter sido configurada legalmente para levar um número maior de passageiros.

Fonte: Estadão