Esportes

15/06/2018 às 18h00

Professor de judô de projeto social luta para ter espaço e treinar jovens

Redação Portal A8

Desde quando começou o período de chuvas em Aracaju, o professor de judô Samuel Cruz vem numa luta, além dos tatames, para tentar conseguir um espaço e treinar os 25 

jovens do projeto social “Judô Ação Bugio”.

Para o portal A8SE, Samuel Cruz narrou o dilema que enfrenta para treinar os jovens que estão com viagem marcada para o campeonato baiano de judô em agosto deste ano. “Estamos sem local. Por conta das chuvas, não consigo mais treinar com os adolescentes na varanda da minha casa (local que realiza o projeto). Então, os jovens me falaram do Espaço Novos Rumos, localizado no Bugio”, disse.

Segundo Samuel, para conseguir horário no Espaço Novos Rumos emitiu um documento para a Secretaria de Estado da Mulher, Inclusão, Assistência Social, do Trabalho e dos Direitos Humanos (Seidh) para solicitar treinar. “Protocolamos no dia 28 de maio e até o momento não recebemos resposta. Por conta da demora, temo em não conseguir treinar os meninos para o campeonato”, acrescentou.

O projeto social “Judô Ação Bugio” tem três anos e, atualmente, atende 25 adolescentes carentes.