Esportes

12/07/2017 às 09h09

Confiança empata com o Asa pela série C

Redação Portal A8

Um jogo para ser esquecido. O Confiança não tem feito o dever de casa e agora são sete jogos sem vencer. Com o medo do rebaixamento cada vez mais presente e a insatisfação da torcida com os erros, o time azulino saiu vaiado e cabisbaixo.

O Dragão dominou o primeiro tempo sendo superior ao Asa (AL), que enrolava em campo. Aos 17 minutos, Silvy teve a primeira oportunidade, quando recebeu na área, cabeceou em direção ao gol e bola passou perto da trave. Sem chance para a famosa “Lei do ex”, aos 16 minutos, Kível sentiu dores e pediu para sair, sendo substituído por Brunão. Após jogada individual, aos 21 minutos, Léo Ceará tocou na frente do gol para Jussimar, que errou o tempo do chute e a bola passou livre.

Aos 36 minutos, a bola sobrou para Jhulliam dentro da área que acertou as redes, mas o árbitro marcou impedimento, anulando o gol. No fim da primeira etapa, após cobrança de falta, o Mimica cabeceou a bola que passou tirando tinta do travessão. Aos 47 minutos, Radar chutou forte de fora da área e o goleiro Carlão defendeu. Nos acréscimos, a jogada já parecia perdida, mas Arlan acreditou, recuperou a bola na área e tocou para Silvy que de peixinho empurrou para abrir o placar.

No segundo tempo, os erros de finalizações continuaram a prejudicar o time azulino. Além disso, as cobranças de escanteio e faltas trouxeram um animo extra para os alvinegros. Aos 6 minutos, Jardel cobrou uma falta rasteira e o goleiro Carlão defendeu. O Asa respondeu aos 11 minutos em cobrança de falta de Éverton, mas a bola acertou o travessão. Três minutos depois, foi a vez de André Lima acertar o travessão após uma cobrança de escanteio.

Em contra-ataque, aos 19 minutos, Arlan tentou passe para Léo Ceará, porém Eron afastou a bola. Aos 24 minutos, após cobrança de escanteio, a bola sobrou no pé de Jhulliam que empatou para o Fantasma. No lance seguinte, o árbitro marcou pênalti a favor do Asa justificando toque de bola na mão do zagueiro Gabriel. Na cobrança, Jhulliam mandou para fora e o goleiro Henrique comemorou.

O Confiança até tentou mudar o placar com Silvy em um chute que o goleiro defendeu aos 36 minutos e após um passe de Léo Ceará para Silvy na frente do gol aos 41 minutos, porém a bola passou direto. Fim de jogo: 1 a 1. Os jogadores saíram de campo aos protestos e vaias dos mais de quatro mil torcedores que compareceram mesmo com a chuva.

Com mais um empate, o Confiança permanece na sexta colocação com 10 pontos. A diferença para o G-4 é de 4 pontos e para a zona de rebaixamento é 2 pontos. O próximo desafio será no sábado, 15, às 20h contra o Salgueiro (PE) no Estádio Cornélio de Barros Muniz. Para esse jogo, o Dragão possivelmente contará com os novos reforços (Genivaldo, Frontini, Eduardo, Jeffinho, Gilsinho).