Esportes

13/10/2015 às 08h37

Dunga muda seleção para evitar novo vexame em Fortaleza

R7

Derrotado pelo Chile na estreia nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018, a seleção brasileira está pressionada por um bom resultado na partida desta terça-feira (13), contra a Venezuela, na Arena Castelão, em Fortaleza, pela segunda rodada da competição. Insatisfeito com o desempenho de Marcelo e Oscar, o técnico Dunga deverá escalar Felipe Luís e Lucas Lima na equipe titular. Além deles, uma possível mudança ofensiva promete dar mais velocidade ao ataque da seleção. Isso porque o treinador testou Lucas Moura, do Paris Saint-Germain, no lugar de Willian, do Chelsea.

Ainda contestado como homem de referência na seleção brasileira – e agora com a sombra do artilheiro do Brasileirão, Ricardo Oliveira, no banco de reservas – o atacante Hulk reconheceu a pressão que deverá enfrentar para balançar as redes no Ceará.

— A cobrança é sempre grande quando você veste a camisa da seleção. Principalmente a gente que joga ali na frente, que tem obrigação de fazer gol. Até porque tem jogadores de qualidade que fazem a bola chegar. A gente sabe o tamanho da cobrança. E quando passa em branco é muito grande.

Preocupado com o baixo poder ofensivo do Brasil na partida de estreia contra o Chile, Dunga treinou bastante este setor durante o fim de semana em Fortaleza. A marcação sobre pressão no campo adversário, segundo Hulk, é uma arma a ser utilizada contra a Venezuela nesta terça-feira.

— Quando a gente consegue marcar o adversário no campo deles, é sempre mais fácil. Recuperar uma bola no campo deles fica mais próximo do gol. Tem adversários que é difícil marcar em cima, mas quando isso é possível, é bem melhor pra gente.

Se o setor ofensivo deve mudar, a defesa terá ainda mais alterações. Sem David Luiz, lesionado, Marquinhos deve ser o substituto na zaga, ao lado de Miranda. Já na lateral-esquerda, Filipe Luís treinou novamente na equipe titular e também deve começar jogando contra a Venezuela.

O time provável para iniciar a partida contra a Venezuela tem a seguinte escalação: Jefferson, Daniel Alves, Miranda, Marquinhos e Filipe Luís; Luiz Gustavo e Elias; Lucas, Lucas Lima e Douglas Costa; Hulk.


Fonte: R7