Esportes

06/05/2010 às 19h17

Sergipanos prestigiam Copa Brasil de Tênis

Redação Portal A8

O primeiro dia de competições na Copa Brasil Aracaju foi muito agitado. Para os atletas sergipanos então, nem se fala. De acordo com o presidente da Federação Sergipana e coordenador da Academia Sergipana, Guido Borges, é notável a evolução técnica dos jogadores do estado dentro da competição. E muito disso se deve ao trabalho que está sendo feito no estado de Sergipe e também, por causa da organização da Copa Brasil no município.

"A partir da abertura da Academia, há dois anos, a gente começou um novo trabalho. Dentro da Academia, a gente fez o Campeonato Sergipano e começamos a resgatar alguns atletas que haviam parado de jogar, por causa de estrutura mesmo", explicou Guido.

Em visita ao município, o presidente da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa, Alaor Azevedo, ficou impressionado com a estrutura da Academia e com a organização da modalidade em Aracaju. Assim, foi estudada a possibilidade de se trazer a Copa para a cidade.

"O Alaor ficou encantado, daí combinamos a realização da Copa Brasil aqui. Há 14 anos não tinha um evento nacional aqui. Muito se comentava que seria inviável. Mas, com o nosso trabalho, estamos realizando o sonho de trazer a Copa para cá", comentou Guido, que, além do apoio da CBTM, conta com o apoio do governo do estado, através da Secretaria de Esporte e Lazer (SEEL), da Fundação de Esporte e Cultura e do Banese.

Dentro da quadra, Guido, que também é técnico e jogador, observa o crescimento do Tênis de Mesa sergipano. "Os atletas estão subindo de divisão. O Marcos Monteiro, que foi do Rating O para o H, o Marcos Nascimento, do J para o E, o Luís Xavier, do D para o C, e o Lucas Maciel, que foi do J para o H. Eles estão evoluindo. E trazer um evento nacional para cá, ajuda. Os atletas aprendem muito jogando com adversários dos grandes centros, como, Amazonas, São Paulo e Recife", comentou.

Competição - Por causa de um atraso no voo a delegação do Amapá chegou atrasada em Aracaju e perdeu todo o tempo planejado, para a ambientação e o treinamento. Mas, de forma alguma, isso afetou o desempenho da equipe. Os nove atletas do estado começaram bem a Copa Brasil Aracaju de Tênis de Mesa, com ótimos resultados.

Caio Silva e Jorge Lucas, do Seama Esporte Clube, duas das maiores promessas do estado, já estão praticamente classificados. Os outros jogadores do Amapá, Abílio Dias, do veterano 40 , Alan Cardoso, do Sênior, Djalma Deves, do Infantil, Luan Morais, também do Infantil, Belissa Lisboa, Infantil, e Marlon Rocha, Veterano 50 , também conseguiram representar bem a região.

Jogador e técnico, Alan Cardoso gostou da organização do evento. "Em relação aos horários das partidas está sendo tudo bom. Está tudo acontecendo pontualmente", disse Alan. O técnico-jogador elogiou também o processo de cadastramento dos técnicos. "Eu não me cadastrei, o que foi desleixo meu. Mas, é bom para se ter o controle e organizar", comentou.