Esportes

28/04/2010 às 07h10

Queirós quer conter a euforia dos jogadores proletários

Técnico do Confiança tenta amenizar a ansiedade do grupo e a falta de calma para finalizar a jogada

Redação Portal A8

Apesar de obter o melhor ataque da competição, o Confiança tem perdido muitos gols. Preocupado com a falta de calma dos jogadores na hora de finalizar, o técnico José Queiroz tenta amenizar a ansiedade do grupo. Após a vitória de 3 a 1 contra o Itabaiana, os jogadores retornaram hoje aos treinamentos. Pela manhã, houve um treino físico sob o comando de Wendell Bastos. À tarde, foi realizado um trabalho técnico e tático.

Segundo o comandante proletário, no jogo diante do tricolor da serra, o Dragão perdeu oportunidades claras de gols. "No segundo tempo, desperdiçamos chances que poderiam ter comprometido o resultado. Por isso, tenho conversado muito com os atletas para diminuir o excesso de preciosismo e ter mais tranqüilidade. É muito importante trabalhar o lado emocional deles. Outra preocupação é o posicionamento da defesa. Vamos continuar treinando muito a chamada bola defensiva", explicou Queiroz.

DESFALQUES

Para o próximo compromisso outra vez contra o Itabaiana no domingo, às 18 horas,no Batistão, o técnico Queiroz não poderá contar com o lateral Deived e com o volante Eduardo. Os atletas levaram o terceiro cartão amarelo e terão que cumprir suspensão automática. "Vamos colocar em campo o que temos em mão. O Vovô, por exemplo, continua em tratamento. Acho, que não terá condições físicas para essa partida. Hoje, tenho no elenco profissional oito jogadores das categorias de base. Todos eles estão prontos para jogar", voltou a enfatizar José Queiroz.