Entretenimento

06/11/2018 às 18h31

Banda Membrana promete show com muitas surpresas no Quinta Instrumental

Agência Aracaju de Notícias
O ‘Quinta Instrumental’ desta semana traz ao palco do Teatro João Costa uma banda talentosa, cheia de efeitos e de nome um tanto curioso que fará um show cheio de
Funcaju
surpresas, inclusive, com composições feitas durante a apresentação. O projeto, realizado pela Fundação Cultural Cidade de Aracaju, já faz parte da agenda dos sergipanos e acontece sempre às quintas-feiras, às 20h, no Centro Cultural da capital, localizado na praça General Valadão. 
 
Criada em 2000, a banda Membrana, formada por Pedrinho Mendonça (percussão, voz, pífano, efeitos), Dudu Prudente (percussão e efeitos) e Júlio Rego (gaita e efeitos), foi inspirada na música livre e nos grupos folclóricos sergipanos. Recebeu esse nome em alusão à membrana plasmática, elemento complexo que desempenha diversos papeis no ciclo celular. A matéria prima do grupo é a criação do som, do timbre e do estímulo sonoro, onde expõe suas ideias e provocações procurando reagir e compactuar com a trama musical que acontece no momento em que estão tocando. 
 
O trio agradece a oportunidade de poder mostrar o seu trabalho para o público em um espaço como o Teatro João Costa e elogia o projeto idealizado pela Funcaju. “Sem dúvida é uma iniciativa de muita importância para os músicos sergipanos. Sergipe possui uma boa quantidade de artistas realizando trabalhos com qualidade nas mais diversas áreas musicais. Infelizmente, muitas vezes há uma certa padronização da música de massa que ofusca a visibilidade desses outros trabalhos. O Quinta Instrumental surge como uma alternativa, uma janela, uma respiração, uma esperança, um acolhimento”, parabeniza Júlio Rego.
 
Para o show, o grupo promete um repertório surpreendente e deixa o convite para todos os sergipanos e turistas. “Saiam de casa nesta quinta feira, 8, às 20h. Ocupem uma das confortáveis poltronas do Teatro João Costa no belo Centro Cultural de Aracaju. Venham respirar música. Se você nunca foi lá ou ainda não vivenciou esse projeto, tá aí uma ótima oportunidade. É de graça. O resto deixe com a gente”, avisou Júlio.

Fonte: Agência Aracaju de Notícias