Brasil

31/08/2010 às 12h28

Estudo mostra que mais da metade das famílias brasileiras tem dívidas

Redação Portal A8

Quase 55% das famílias brasileiras estão endividadas, segundo estudo do Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) divulgado nesta terça-feira (31). O instituto ouviu moradores de 3.810 residências brasileiras, localizadas em 214 cidades.

O valor médio do débito, segundo o Ipea, é de R$ 5.426,59. Cerca de 15% das famílias endividadas devem até metade do rendimento mensal da casa.

Na outra ponta, 23% das famílias possuem dívidas equivalentes a cinco vezes a renda mensal. Ou seja, se a renda mensal é de R$ 3.000, a família deve nada menos que R$ 15 mil.

Entre os que disseram dever algum valor, 11,08% afirmaram estar muito endividados, 16,82% disseram estar mais ou menos endividados e 26,25% julgam estar pouco endividados. Mesmo assim, jovens e ricos estão otimistas com o futuro da economia brasileira.

Dívida por idade

Os adultos com idade entre 30 e 39 anos lideram o ranking de endividados, com 15,45%. Na segunda posição do ranking, estão os brasileiros com idade entre 40 e 49 anos, cuja taxa de endividamento está em 12,92%.

Os menos endividados são aqueles que têm mais de 60 anos, sendo que apenas 7,75% dessa camada da população deve algum valor.

Endividamento conforme a escolaridade

Os brasileiros que têm ensino médio incompleto (antigo colegial) lideram a lista dos mais endividados com 13,89%. Na ponta oposta, os menos endividados são os que possuem o ensino médio completo, com 29,33%.

Débitos de acordo com salário

As famílias brasileiras que ganham de um a dois salários mínimos (de R$ 510 a R$ 1.020) encabeçam a lista dos mais endividados - 13,69% dessas famílias reconheceram dever muito.

Ao mesmo tempo, o mesmo recorte lidera o ranking das famílias sem dívidas: 46,33% do total disseram não dever nada a ninguém, ou seja, pagam suas contas em dia.

Os que possuem maior poder aquisitivo - com renda familiar mensal acima de dez mínimos (R$ 5.100) - estão pouco endividados. Entre os que disseram ter débitos, 33,85% afirmaram dever pouco.

Por etnia

Os brasileiros que se declararam negros ou amarelos são os mais endividados do país, segundo o Ipea. Pouco mais de 16% dos negros e quase 18% dos amarelos disseram ter débitos muito grandes.

Por outro lado, apenas um em cada dez brancos disse possuir dívidas grandes.

Fonte:R7