Brasil

05/05/2010 às 15h38

Censo 2010 terá perguntas sobre raça e casal homossexual

Redação Portal A8

O censo de 2010 terá, pela primeira vez na edição nacional da pesquisa, perguntas sobre casais homossexuais e vai questionar todos os brasileiros sobre cor e raça.

A parte da pesquisa que investiga as relações familiares ganhou este ano nove novas perguntas, incluindo a de cônjuge do mesmo sexo. De acordo com o IBGE, a pergunta sobre união homossexual já havido sido feita na contagem censitária de 2007, mas nunca em um Censo completo, que acontece apenas a cada dez anos.

Outra novidade do Censo 2010 é que a pergunta de cor e raça será feita a todos os brasileiros, e não apenas na pesquisa por amostra. A pesquisa do censo é feita para todos os brasileiros com um questionário básico.

O questionário completo é feito apenas na pesquisa por amostra, aplicado em parte da população. Em 2010, portanto, todos os brasileiros responderão se são branco, preto, amarelo, pardo ou indígena o que, segundo o IBGE, permitirá pela primeira vez o detalhamento geográfico da composição étnica da população.

Além da categoria de parceiro do mesmo sexo, foram incluídas nas relações familiares as opções "filho somente do responsável", "enteado", "pensionista", "agregado" e "parente de empregado doméstico".

As línguas indígenas faladas no Brasil também serão investigadas pela primeira vez. Além do português, são faladas no país outras 210 línguas, sendo 190 indígenas.
O censo 2010 foi lançado nesta quarta-feira (5). Os dados começam a ser coletados em 1º de agosto em todas as 58 milhões de casas brasileiras. Este será o primeiro censo totalmente digital.

As entrevistas serão feitas entre agosto e outubro e pela primeira vez os recenseadores usarão um equipamento eletrônico, semelhante a um palm top, que transmitirá os dados para uma central de processamento. Outra novidade é que o questionário poderá ser respondido pela internet. Para isso, no entanto, é preciso ter uma senha entregue pelo recenseador.

Os primeiros resultados serão divulgados em dezembro de 2010. A operação terá custo estimado de R$ 1,67 bilhão e será feita por 225 mil agentes censitários e recenseadores.

Fonte: R7