Brasil

03/05/2010 às 19h16

Trocar gasolina pelo álcool não compensa em Sergipe

Redação Portal A8

Dados divulgados pela Ticket Car nesta segunda-feira (03) mostram que, em abril, a troca de gasolina pelo álcool na hora do abastecimento do veículo passou a compensar em sete estados: Bahia, Goiás, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Paraná, São Paulo e Tocantins. Em março, abastecer com álcool compensava em quatro estados.

Considerando novamente o mês passado, na Bahia, o litro da gasolina custava R$ 2,761 e o do álcool, R$ 1,897, apresentando diferença de 31,3% entre um e outro. Já em Goiás, o litro da gasolina custava R$ 2,549, enquanto o do álcool estava cotado a R$ 1,565, o que representa uma diferença de preços de 38,6%.

No Mato Grosso do Sul, o preço do litro da gasolina era de R$ 2,742 e o do álcool, de R$ 1,863, havendo uma diferença de 32,1% entre eles. Já no Mato Grosso, a diferença entre os preços é de 34,9%, sendo que pela gasolina o motorista desembolsava R$ 2,880 e pelo álcool, R$ 1,876.

A diferença de preço entre os combustíveis no estado de Tocantins é de 31,4%, sendo que a gasolina custava R$ 2,804 e o álcool, R$ 1,922. São Paulo e Paraná registraram as maiores variações, 39% e 39,2%, respectivamente, sendo que no primeiro estado, a gasolina era cotada a R$ 2,508 e o álcool, a R$ 1,530, e no segundo, a gasolina custava R$ 2,562 e o álcool, R$ 1,556.

Detalhamento

Já nos outros estados e no Distrito Federal, a troca do derivado de petróleo pelo de cana-de-açúcar não compensava em abril, devido ao preço e rendimento de cada combustível.

"É preciso tomar cuidado, pois, apesar de mais barato, a autonomia do veículo com o álcool é, em média, 30% menor. Assim, para ser vantajosa a sua utilização, o preço do litro também precisa ser 30% menor", esclarece o gerente de Negócios Especialista do Ticket Car, Marcelo Nogueira.

Fonte: Infomoney