Brasil

29/04/2010 às 11h31

Pais dos irmãos que morreram em carro poderão ser indiciados

Redação Portal A8

As crianças morreram asfixiada (Foto: Tudo Na Hora)
A delegada Maria do Socorro Tavares afirmou que as investigações sobre as mortes dos irmãos Chrislaine Araújo da Silva e Elton Araújo da Silva, ambos de três anos, já foram iniciados e que os pais das crianças devem ser indiciados por homicídio culposo, quando não há a intenção de matar.

A reveção aconteceu no final da tarde desta quarta-feira, minutos após os sepultamentos das vítimas, que foram encontradas mortas dentro de um Vectra, no início da noite da última terça-feira, no Centro de Porto Calvo.

Maria Cristina Araújo da Silva, mãe de Chrislaine, acompanhou a cerimônia fúnebre, mas não falou com os jornalistas. Já sua irmã, Claudevania Araújo da Silva, que é mãe de Elton, não suportou acompanhar o cortejo. O pai das vítimas, Ednaldo Soares da Silva, esteve no sepultamento e também não quis falar sobre o caso.

Ele havia se relacionado com as mães das crianças em 2006, quando ambas - que são irmãs - ficaram grávidas simultaneamente.

Segundo a declaração de óbito do Instituto Médico de Legal (IML) Estácio de Lima, a causa das mortes foi asfixia por confinamento.

Os dois haviam desaparecido sete horas antes de os corpos terem sido encontrados dentro do automóvel. A delegada Maria do Socorro Tavares adiantou, ainda, que irá investigar os pais por negligência, já que as crianças saíram de casa para brincar na rua, mesmo tendo apenas três anos cada uma.