Brasil

19/04/2010 às 09h00

Monsenhor confessa pedofilia e é preso em quartel

Redação Portal A8

O monsenhor Luiz Marques, 83 anos, que teve a prisão decretada na noite deste domingo após confessar ter mantido relação sexual com ex-coroinhas, está detido, desde a madrugada desta segunda-feira, na sede do 3º Batalhão da Polícia Militar, localizada em Arapiraca.

Luiz Marques está na quartel, em um alojamento destinado a militares. O monsenhor teve a ordem de prisão decretada pelo juiz Rômulo Valença e, por ser ex-tenente coronel da Polícia Militar de São Paulo (PM/SP), teve direito a prisão especial.

A ordem de prisão foi dada depois que a polícia civil encontrou um passaporte na casa do monsenhor, o que caracterizaria que ele teria interesse em deixar o Brasil. Na casa dele, também foram encontradas garrafas de bebidas alcoólicas e um gel íntimo.

Por terem mentido durante os depoimentos, Maria Isabel e José Reinaldo, respectivamente secretária doméstica e motorista do religioso, também tiveram as prisões decretadas pelos integrantes da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pedofilia, realizada pelo Senado Federal.

 

Fonte:Tudo na Hora