Brasil

17/04/2010 às 16h27

Padre admite que manteve relação sexual com ex-coroinhas e pagou com dízimo

"Sim, tive relações sexuais com Fabiano Silva Vieira e Cícero Flávio Vieira Barbosa", frisou

Redação Portal A8

O padre Edílson Duarte, acusado de pedofilia, prestou depoimento na manhã deste sábado, no Fórum Estadual de Arapiraca, e admitiu que manteve relações sexuais com dois ex-coroinhas, pagando-os com o dízimo dos fiéis. A revelação bombástica, que deixou os arapiraquenses estarrecidos, foi concedida ao presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Máfia da Pedofilia, senador Magno Malta.

"Sim, tive relações sexuais com dois deles, Fabiano Silva Vieira e Cícero Flávio Vieira Barbosa. Menos com o Anderson", frisou o sacerdote. E ao ficar diante de Edílson Duarte, o ex-coroinha Fabiano salientou que manteve a primeira relação sexual na concatedral de Arapiraca, quando ele tinha apenas 16 anos.

Ainda durante o depoimento, o senador pediu para que o padre olhasse para os presentes ao Fórum de Arapiraca e o questionou: "o senhor pagou aos ex-coroinhas com dinheiro do dízimo"? Visivelmente desconcertado, padre Edílson Duarte admitiu que "sim", baixando a cabeça posteriormente.

Diante das informações prestadas aos integrantes da CPI da Pedofilia do Senado, Magno Malta propôs que o padre Edílson Duarte contribua voluntariamente, revelando outras informações. Desse modo, de acordo com o senador, ele será beneficiado com a Delação Premiada, que é um benefício concedido ao acusado que aceite colaborar na investigação ou denuncie seus companheiros.

 

Fonte: Tudo na Hora