Brasil

14/04/2010 às 10h15

Adolescente é morto pela polícia depois de assassinar advogado

Redação Portal A8

O advogado Lucas Lorenzo Trigo, 27 anos, foi assaltado e morto a tiros nesta terça-feira, à noite, dentro de seu veículo, o Pálio prata, JQZ-2874, no Horto Florestal pelo adolescente C.F.S, de 14 anos, que pouco momentos depois morreu em confronto com policiais da Rondesp que saíram em sua perseguição. Ambos foram socorridos para o Hospital Geral do Estado (HGE), onde chegaram sem vida.

Em poder do jovem foram encontrados os pertences da vítima e um revólver calibre 38, reforçado, com cinco projéteis deflagrados e um intacto.

Lucas Lorenzo Trigo recebeu o registro da OAB-BA há dois anos e era casado há três meses, morando com a mulher na Mouraria. Segundo os primeiros depoimentos tomados pela polícia, o advogado fazia o retorno para buscar a mulher que trabalha na Fiocruz, no Horto.

Segundo a delegada Vera Rebouças, plantonista da Delegacia para o Adolescente Infrator (DAI), ele foi abordado por dois assaltantes quando trafegava em baixa velocidade. Enquanto um dos ladrões permanecia do lado de fora, o outro entrou no banco carona. Aparentemente não houve reação da vítima, mas esta foi baleada na face direita e um projétil transfixou sua cabeça, alojando-se na área abaixo do ouvido esquerdo.

Enfrentamento - Os assaltantes se apoderaram dos pertences da vítima e saíram correndo na direção da Avenida Vasco da Gama pela via que desce ao lado do supermercado Extra. Integrantes da viatura Gêmeos 04 em ronda na área ouviram os disparos e avistaram o advogado Lucas Lorenzo caído sobre a porta do carona, escancarada. Em seguida viram os suspeitos correndo.

O comandante da guarnição desceu para prestar socorro, e os policiais saíram em perseguição aos suspeitos. Com a ajuda de um transeunte, o advogado, que ainda respirava, foi colocado no banco do carona e o policial assumiu a direção do veículo, conduzindo-o ao HGE.

Os policiais da viatura se aproximaram dos suspeitos e, segundo eles, o adolescente parou e começou a atirar contra a guarnição, enquanto o outri fugiu. Houve troca de tiros e o jovem foi baleado em várias partes do corpo. Levado para o HGE, chegou quase ao mesmo tempo que a vítima. Os médicos do plantão constataram a morte de ambos na emergência.

 

Fonte: A tarde