Brasil

27/01/2010 às 16h27

Cobrança lidera protestos contra TV a cabo e telefonia

Redação Portal A8

No último mês de 2009, grande parte das reclamações dos consumidores na Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) sobre o serviço de TV por assinatura, telefonia móvel e fixa tinha como motivo cobranças feitas pelas operadoras.

Em dezembro, 34,45% das reclamações feitas contra operadoras de telefonia móvel correspondiam a protestos contra cobranças. Das 56,911 mil reclamações, 19,605 mil tinham esse motivo.

Dos protestos feitos contra operadoras de telefonia fixa, que somaram 36,273 mil, 30%, ou 10,907 mil, referiam-se a cobrança. Com relação às reclamações contra operadoras de TV por assinatura, 35,7% das 4.733 reclamações eram sobre cobranças.

Outras reclamações

Além da cobrança, problemas de reparos geraram 752 protestos na Agência contra as empresas de TV por assinatura. O número corresponde a 15,9% do total de reclamações registradas no último mês do ano.

Esse tipo de reclamação ficou em segundo lugar no ranking dos protestos contra TVs por assinaturas e também ficou na mesma posição da lista de reclamações contra empresas de telefonia fixa. Nesse caso, do total de protestos, 21,9%, ou 7,933 mil reclamações, referiam-se a reparos.

Já no caso de empresas de telefonia móvel, o segundo lugar ficou com problemas no atendimento, que registrou 7,255 mil reclamações - 12,75% do total.

Problemas no atendimento ficou em terceiro lugar na lista de reclamações contra operadoras de telefonia fixa, com 7,62% (2,763 mil), e na mesma posição no ranking das operadoras de TV a cabo, com 13% (615).

Fonte: Infomoney