Brasil

12/01/2010 às 08h57

Policial civil sergipano executado em Alagoas

Redação Portal A8

A comunidade de Pontal do Peba, localidade do município de Piaçabuçu, cidade a 135 quilômetros de Maceió, viveu momentos de horror na noite desta segunda-feira, 11, com o assassinato de três pessoas, entre eles um policial sergipano. O crime aconteceu na Rua Projetada II, a poucos metros da delegacia da cidade.

De acordo com informações colhidas pela reportagem do Alagoas24horas, o crime teve início com o assalto ao comerciante conhecido como Gilson, que foi pedir ajuda na delegacia local, onde um policial também chegou a ser rendido pelos assassinos. Os bandidos teriam iniciado a perseguição a Gilson por volta das 21h. Ao perceber, o comerciante teria recorrido aos dois agentes que estavam de plantão na delegacia, mas nem mesmo isso teria intimidado os bandidos.

Ao perceber o que estava acontecendo, o policial civil sergipano, que trabalhava como perito, interveio na ação criminosa anunciando que era policial. Os assassinos, por sua vez, teriam afirmado que também eram policiais e a partir daí começou um tiroteio.

Sérgio Figueiredo Souza, 54, e o comerciante identificado como Francisco Calixto dos Santos, 72, que teria presenciado o crime, foram atingidos por vários disparos e tiveram morte instantânea. Um amigo de Sérgio Souza, José Jamil Teixeira, 41, chegou a ser socorrido para a Unidade de Emergência de Penedo, mas morreu a caminho do hospital.

Já o comerciante Gilson teria aproveitado o tiroteio para fugir do local, mesmo ferido por um tiro de raspão na cabeça, e foi socorrido já na zona urbana da cidade.

Ainda de acordo com informações fornecidas pela polícia, Sérgio Souza costumava alugar casa de veraneio para passar o Carnaval em Piaçabuçu. Nesta segunda-feira, ele deveria fechar o contrato com a proprietária da residência que deveria alugar, mas morreu antes de fechar o negócio.

Segundo levantamento da polícia, os quatro bandidos - que estariam em um veículo Pólo de cor prata - ainda roubaram R$ 400,00 do comerciante, mas deixaram cerca de R$ 4 mil do policial.

Ainda durante a madrugada, vários policiais sergipanos estiveram no local do crime. O irmão de Sérgio Souza - que também é policial - prestou depoimento na Delegacia Regional de Penedo e na manhã desta terça-feira, 12, se encontra no Instituto Médico Legal Estácio de Lima aguardando a liberação do corpo.

Fonte: Alagoas24horas

Sérgio Figueiredo foi executado em Alagoas (Foto: Alagoas 24 horas)