Brasil

16/10/2009 às 20h10

Governo não gasta o suficiente em preservação do Velho Chico

Redação Portal A8

Enquanto o presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez festa para mostrar o andamento das obras de transposição do Rio São Francisco, outra ação do governo federal na região que "não anda bem das pernas".

Os orçamentos destinado a "recuperação e preservação da bacia do rio", recebeu somente R$ 2,4 milhões dos R$ 7 milhões autorizados. Já o projeto de "implantação, ampliação ou melhoria de sistemas públicos de esgotamento sanitário em municípios das bacias do São Francisco e Parnaíba" foi melhor contemplado. Quase 53% da verba foi aplicada: R$ 138 milhões de um total de R$ 261 milhões.

As obras de transposição do rio São Francisco, que prevêem a construção de dois canais que levarão água para os sertões de Pernambuco, Ceará, Paraíba, Rio Grande do Norte e Paraíba, receberam, por enquanto, muito menos do que o previsto em orçamento. Do R$ 1,3 bilhão autorizado para uso este ano, apenas nos projetos de integração do rio com as bacias do chamado Nordeste Setentrional - há outros empreendimentos que integram o projeto São Francisco -, pouco mais de R$ 408 milhões foram desembolsados até a última quarta-feira, incluindo os "restos a pagar", dívidas de anos anteriores no jargão econômico.


O montante representa somente 32% do total previsto para 2009. No ano passado, a situação foi semelhante: de uma dotação orçamentária de R$ 1 bilhão, apenas R$ 215 milhões foram aplicados nas obras, ou seja, 21% da quantia. Ao todo, estão previstos cerca de R$ 5 bilhões para a conclusão das obras.

A região do São Francisco foi visitada esta semana pelo presidente Lula. Na região estão sendo realizados outros empreendimentos do projeto São Francisco com verba federal, além da transposição, incluída no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). É o caso das obras de "abastecimento público de água em comunidades ribeirinhas do rio" - do programa Água para Todos. No entanto, a execução orçamentária também não é satisfatória, já que apenas R$ 4,1 milhões foram desembolsados dos R$ 68,8 milhões previstos este ano.

Com informações do Contas Abertas