Brasil

10/10/2009 às 10h23

Brasileiro consome mais e eletroeletrônicos se recuperam nos últimos meses

Redação Portal A8

Um ano após a deflagração da crise financeira internacional, o setor de eletroeletrônicos começa a dar sinais de melhora.

Isso porque, segundo dados divulgados pela Abinee (Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica), nos últimos meses, o consumo interno vem dando sustentação para a recuperação da atividade.

As áreas voltadas à produção de bens de consumo são as que obtiveram melhores resultados, com destaque para os produtos da linha branca, os materiais elétricos destinados a pequenas construções e reformas, os telefones celulares e os microcomputadores.

IPI
Ainda de acordo com a Abinee, a redução do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) ajudou nas vendas e, consequentemente, na produção de eletrodomésticos da linha branca, nos meses de junho, julho e agosto, cresceu 25%, 38% e 16%, respectivamente, em relação aos meses correspondentes de 2008.

A desoneração do imposto também ajudou nas vendas de material elétrico de instalação, que igualmente contou com o estímulo dado pelo programa Minha Casa, Minha Vida do Governo Federal.

Neste caso, a entidade espera resultados melhores para o próximo ano, já que o ritmo das obras do Minha Casa, Minha Vida deve aumentar no primeiro semestre de 2010.

Telefones e PCs
O mercado de PCs e telefones celulares, após fortes quedas, começou a melhorar nos últimos meses, sendo que a Associação espera que a comercialização de microcomputadores seja equivalente a do ano passado, com 12 milhões de unidades.

Para a produção de celulares, a expectativa, contudo, é de uma redução de 15%, passando de 73 milhões em 2008 para 62 milhões ao final de 2009.