Brasil

10/10/2009 às 09h21

Cerca de 1,5 milhão poderão não receber o Bolsa Família

Redação Portal A8

Cerca de 1,5 milhão de beneficiários do Bolsa Família podem ter o pagamento suspenso a partir de novembro caso não apresentem dados para revisão cadastral do programa. De acordo com o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), dos cerca de 3 milhões de beneficiários que deveriam se recadastrar este ano, até setembro 1,7 milhão foram às prefeituras. O prazo termina em 31 de outubro.

Os beneficiários do Bolsa Família são recadastrados a cada dois anos, ou seja, em 2009, apenas parte dos cerca de 12 milhões de famílias precisam atualizar os dados. Para saber se precisa revisar as informações este ano, o beneficiário deve checar seu extrato de pagamento, onde o MDS incluiu avisos sobre a revisão de cadastro.

Quem tiver o benefício bloqueado em novembro terá que procurar a prefeitura e solicitar a atualização de seus dados para que o pagamento seja liberado, desde que mantidos os critérios de participação no programa. Quem não atualizar os dados até janeiro de 2010 terá o benefício cancelado.

Para as prefeituras, termina dia 31 o prazo para verificar a renda de cerca de 600 mil famílias que apresentaram dados diferentes no cruzamento com a Relação Anual de Informações Sociais (Rais) de 2007, do Ministério do Trabalho, e as inconsistências apontadas em auditoria do Tribunal de Contas da União (TCU).

 

Com informações da Agência Brasil