Brasil

08/10/2009 às 14h36

Operação "Nossa Senhora Aparecida" inicia nesta sexta (09)

Redação Portal A8

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) iniciará à 0h desta sexta-feira (09) a Operação Nossa Senhora Aparecida 2009. Durante a ação - que se encerra no final da noite da próxima segunda-feira (12) - será fiscalizada a documentação do veículo e a do condutor, os equipamentos obrigatórios, o estado de conservação do veículo e, acima de tudo, o comportamento do motorista na rodovia.

Levantamentos da Polícia Rodoviária Federal comprovam que atitudes imprudentes são responsáveis diretamente pelos acidentes em rodovias federais: 80,75% dos acidentes acontecem em pistas em bom estado de conservação, 71,4% em retas, 63% com tempo seco e 53,6% em plena luz do dia. Dos motoristas que se envolvem em ocorrências de trânsito, 1/3 reconhecem que não prestavam atenção ao que estavam fazendo no momento do sinistro.

A PRF alerta que é obrigatório o uso do cinto de segurança para o condutor e os passageiros em todas as vias do território nacional. Portanto, não serão perdoados aqueles que estiverem trafegando nas rodovias federais sem o uso do dispositivo. Será aplicada a penalidade multa cuja infração é grave. Como medida administrativa, veículo ficará retido até a colocação do cinto pelo infrator. Não será permitido que o número de ocupantes no veículo ultrapasse a quantidade de cintos de segurança por pessoa (excesso de passageiros).

No decorrer da operação será intensificada a fiscalização com a realização de comandos (blitz) nas rodovias federais sergipanas. A PRF utilizará os vinte e cinco etilômetros (bafômetros) disponíveis no Estado e colocará radar móvel em pontos estratégicos das rodovias federais com o intuito de coibir a ação de motoristas infratores.

A maior atenção da área operacional da PRF é que os usuários tenham bastante cuidado ao conduzir os veículos durante a chuva. Para isso, a Polícia Rodoviária Federal solicita aos condutores que mantenham os faróis acesos e aumentem a distância de segurança em relação ao veículo que trafega à frente. Os faróis acesos têm um duplo objetivo: ver e ser visto. Já o aumento na distância em relação ao veículo da frente auxilia em caso de uma manobra brusca como uma frenagem.

Os policiais estarão atentos também quanto ao porte ilegal de armas, de drogas ilícitas e à exploração infanto-juvenil.

Fonte: PRF