Brasil

08/10/2009 às 11h00

Patricinhas curtem balada sertaneja com look chique

Redação Portal A8

Fivelas e chapéus ficam do lado de fora. Jeans justos também não têm espaço. Bota? Só combinadas com um modelito moderno. Sem nada que lembre o figurino usado pelos cowboys do interior, meninas e meninos arriscam passos country e cantam aos berros sucessos do sertanejo universitário.

Patricinhas investem no look chique nas baladas (Foto; R7)
A moda das baladas sertanejas começou no fim de 2008. Casas mais populares lançaram duplas jovens, todas com um visual atual e canções mais animadas. Em pouco tempo o que era tendência virou febre e, hoje, quem diria, os clubes mais sofisticados se renderam às melodias românticas das duplas.
As baladeiras usam vestido e saltos em festas sertanejas, a calça jeans não é opção (Foto: R7)

Para badalar ao som dos agudos, mulheres pagam R$ 50 e homens R$ 100. E tem muita gente que topa gastar para se esbaldar na balada country. Em média, a casa recebe 600 pessoas nos dias reservados para o estilo.

Fã recente do novo movimento caipira, a estudante Carol Castro, 21, caprichou na roupa para ver a dupla Hugo e Tiago. Com um vestidinho branco e justo e salto plataforma, ela diz que nem pensou em colocar uma calça jeans.

Patricinhas e mauricinhos capricham no visual (Foto: R7)

- Acho essas baladas bem legais, gosto das músicas. Mas não tem nada a ver vir para cá com um look country. Aqui o público é outro.

A estudante tem razão. Os baladeiros não parecem ter nada em comum com os freqüentadores de festas sertanejos. Segundo o empresário Álvaro Garnero, o sucesso dos músicos do interior "pode ser comparado ao da Ivete Sangalo. Hoje um público jovem e bonito acompanha esses artistas".

 

Com informações do R7